Como criar e medir o desempenho de sitelinks do Adwords

As extensões de anúncios já são utilizadas há um bom tempo pelos anunciantes e sabemos que elas tendem a melhorar a visibilidade e desempenho do anúncio pelo motivo de facilitar (e ajudar!) o usuário a encontrar o que ele quer! =)

Uma das extensões mais utilizadas são os sitelinks.

Não sabe o que são sitelinks nem como incluí-los nos seus anúncios? Ok, nós damos uma ajudinha:

Extensões em sitelinks permitem que você promova mais páginas (links) do seu site e seus clientes poderão ver de forma rápida seções exclusivas e populares, aumentando assim o número de cliques e muito provavelmente suas conversões.

Exemplo de sitelinks no anúncio

Além disso, você tem a facilidade de trocar/modificar seus sitelinks mantendo seus anúncios sempre atualizados com as melhores ofertas e produtos.

Você pode selecionar até 10 sitelinks para cada campanha (isso é importante, você só consegue criar sitelinks no nível de campanha, então escolha os que mais tem em comum com todos os grupos de anúncios da campanha), porém serão exibidos no máximo 6 sitelinks em uma, duas ou três linhas de acordo com a taxa de cliques esperada para seu anúncio e exclusividade dele (uma dica é escolher textos curtos pois assim você pode aumentar a quantidade de links exibidos de uma só vez).

Mas como criar esses sitelinks?

Aqui vai um passo a passo para te auxiliar:

- Na interface do Adwords acesse a aba Extensões de Anúncios

- Escolha a campanha que deseja incluir a extensão

- Escolha a extensão que você deseja (no caso Extensão de Sitelinks)

- Clique em Nova Extensão e Criar uma nova extensão

- Agora escolha os links que você quer anunciar, crie os textos e coloque as urls correspondentes.

- Clique em Salvar e pronto, você já tem sitelinks em seus anúncios.

E agora, como medir o desempenho desses sitelinks?

Existem duas maneiras de observar esses resultados:

- Na aba Campanha segmente por Tipo de clique. Você verá os resultados dos cliques, tanto para Título como para Sitelink

- Outra maneira é na aba Extensões de anúncios. Aqui, você verá apenas os dados de quando os sitelinks são exibidos, porém não correspondem, necessariamente, aos cliques nos sitelinks, mas sim em qualquer lugar do anúncio.

A medição desses resultados ainda é bastante limitada para análises mais profundas, por não permitir, como por exemplo, a medição de cliques ou conversões de cada um dos sitelinks.

Por isso, nós aqui da dp6, costumamos usar a codificação das urls. Dessa forma conseguimos ver no Google Analytics de onde o usuário veio e assim podemos ver o desempenho de determinado sitelink. Lembre-se de codificar a url sempre  seguindo o padrão dessa fonte de tráfego, ou seja, o medium sempre será cpc, o source será google e a campanha será como você a denomina no Adwords. Para diferenciar cada sitelink poderá usar o campo content do sitelink em questão.

Para a codificação da url você pode usar o Url Builder . Fiz um exemplo para mostrar para vocês:

http://www.dominio.com.br/?utm_source=google&utm_medium=cpc&utm_
content= sitelink1
&utm_campaign=campanhaX

Prontinho, agora você poderá analisar o desempenho de cada um de seus sitelinks e assim poderá modificá-lo mais rapidamente caso não esteja te trazendo retorno.

Espero que tenham gostado das dicas!!

2 Responses so far.

  1. [...] Política de sitelinks: Já falamos aqui sobre a importância dos sitelinksque ajudam a melhorar a visibilidade e desempenho de seus anúncios. De acordo com a política já [...]

  2. [...] Política de sitelinks: Já falamos aqui sobre a importância dos sitelinks que ajudam a melhorar a visibilidade e desempenho de seus anúncios. De acordo com a política já [...]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>