Congresso de Marketing & Vendas 2015

Na última sexta-feira, dia 13 de março, aconteceu o Congresso de Marketing e Vendas, maior evento do setor na América Latina, realizado pela Ecommerce Brasil aqui em São Paulo.

congresso mkt e vendas

Nós estivemos presentes para conferir as novidades e contamos aqui um resumo do que aconteceu por lá.

O dia começou com uma apresentação da Carolina Rocha, do Google, que destacou o cenário atual de consumo multitelas e hipermobilidade. Trazendo dados inclusive de pesquisas do próprio Google, ela mostrou como a conexão está muito mais democrática e é preciso pensar na melhor forma de se comunicar com cada público. Para maiores informações e números sobre o uso da Internet e o consumo através de diferentes devices, consulte o Consumer Barometer, uma ferramenta interativa global do Google.

A segunda palestra foi uma das mais esperadas do dia, com Luiza Trajano do Magazine Luiza. Divertida e inspiradora, ela reforçou a importância do varejo na economia brasileira e apontou que inovação e atendimento (este, inclusive, setor sob sua direta responsabilidade na empresa) são dois pilares extremamente importantes, que dependem essencialmente de pessoas.

Logo em seguida, Horácio Soares (Hotel Urbano) trouxe uma série de exemplos em que a preocupação com a usabilidade e experiência do cliente, sejam elas em sites ou mesmo lugares, não foram aplicadas. Ele frisou a importância de se realizar testes sempre (leia mais sobre as possibilidades de testes que podem ser feitas no seu site aqui) e levantou pontos super interessantes de um dos livros mais conhecidos de quem trabalha principalmente com usabilidade: Don’t make me think, de Steve Krug.

Na última apresentação antes do almoço, Ricardo Sangion do Pinterest explorou algumas funcionalidades e vantagens de uma das plataformas de maior crescimento em 2014, e que é a segunda responsável por trazer mais referral para os sites, segundo estudo da Shareaholic.

Após a pausa, Rony Meisler, CEO da Reserva, uma das grifes de roupas que mais cresce no Rio de Janeiro, mostrou que acredita que o sucesso de sua marca está muito mais na paixão e na verdade com que eles construíram diversas histórias do que em qualquer outro fator. Ele explicou que sempre optou pelo diálogo com o público e que a Reserva preza por ser vista e reconhecida não só como uma marca, mas como uma amiga, por isso reforça que um discurso por si só não é suficiente se por trás dele não há verdade.

Na sexta apresentação do dia, German Carmona ficou responsável por mostrar como a KLM vem focando suas ações em Social, baseando-se em 3 pilares: Serviço, Marca e Reputação e E-commerce. O atendimento via redes sociais acontece 24h por dia, todos os dias da semana e em diversas línguas, e ele ressaltou a importância em social commerce de se trabalhar com rapidez e utilizar as vantagens das segmentações para facilitar a customização da comunicação e das promoções.

Em seguida, Davi Miyake nos trouxe a história da Ray-Ban, mostrando os bastidores da construção de uma marca que é ícone em seu segmento e desde 1937 agrada tipos extremamente diferentes de pessoas. Passando por explicações sobre o cérebro e de como armazenamos informações nas memórias semântica e episódica de formas distintas, ele defendeu que é essencial que uma marca tenha valores e histórias reais para que as pessoas possam verdadeiramente se identificar.

Chegando próximo ao final do dia, Vitor Veneroso, da Decathlon, mostrou que o dia-a-dia de tomada de decisões dentro da empresa é feito com base em dados. Ao mostrar algumas telas de dashboards que exibem informações como taxa de conversão, bounce rate, top de produtos e produtos abandonados, ele relatou que alguns relatórios são enviados diariamente por email para cada área e é possível acessar os dashboards via mobile.

Encerrando o evento, Bruno Campos (e-commerce) e Camila Beauclair (marketing digital), ambos da Nike, mostraram como eles estão trabalhando a integração de branding e vendas. Eles ressaltaram a importância do equilíbrio entre os dois lados e explicaram que o grande desafio é criar esta relação/transição entre o brand lover e o shopper. Para isso eles acreditam que a possibilidade de proporcionar experiências, incentivar o esporte e entregar conteúdo relevante é importante para a marca, e ter a chance de oferecer mensagens específicas e segmentadas para cada tipo de consumidor é o grande diferencial.

Passando por temas como inteligência de consumo, vendas online via redes sociais, experiência do consumidor, branding, inovação e diversos cases de sucesso, o evento trouxe possibilidades e caminhos que podem e devem ser explorados pelas marcas.

Continuaremos acompanhando as novidades do mercado e contando tudo por aqui. Até a próxima!

Fonte imagem: Facebook do E-commerce Brasil – Luiza Trajano, Presidente do Magazine Luiza, no Congresso Marketing & Vendas 2015.

:) Área: Digital Analytics Local: São Paulo Especialidade: Publicidade

Author Mônica Fukumoto

:) Área: Digital Analytics Local: São Paulo Especialidade: Publicidade

More posts by Mônica Fukumoto

Leave a Reply