Há duas semanas, o Google passou por uma crise: marcas americanas e inglesas boicotaram a empresa após descobrirem que seus anúncios estavam associados a vídeos extremistas.

Desde então, o Google está buscando e realizando algumas ações para aumentar a segurança das marcas que investem na plataforma. Um exemplo é a parceria fechada junto à comScore que fornece relatórios de segurança independentes em campanhas veiculadas no YouTube. De acordo com ambas as empresas, essa colaboração oferece aos anunciantes maior visibilidade do contexto em que os anúncios são exibidos.

Chief Business Officer do Google, Philipp Schindler afirmou em um comunicado que essa parceria é um dos esforços para ampliação das ferramentas de transparência e visibilidade, que começarão a “oferecer relatórios de segurança de marca no YouTube feitos por instituições reconhecidas no mercado”, estão “trabalhando com empresas credenciadas pelo Media Rating Council (MRC) para verificação de anúncios” e logo começarão a integrar essas tecnologias.

Outras mudanças propostas pelo Google oferecerão às marcas mais controle sobre onde seus anúncios estão sendo veiculados. A empresa também aumentará as revisões de processos feitas por humanos e terá configurações que permitem às marcas agirem com maior rapidez caso os anúncios sejam vinculados a conteúdos inapropriados:

“Acreditamos que a combinação dessas políticas e controles fortalecerá significativamente a capacidade das marcas de alcançar seu público em escala incrível com grande confiança”, diz o Google.

Leia a notícia completa aqui.

Mariana Lemos

Trainee na área de Digital Analytics.

Mariana Lemos

Author Mariana Lemos

Trainee na área de Digital Analytics.

More posts by Mariana Lemos

Join the discussion One Comment

Leave a Reply