SEO e WordPress, será que eles combinam?

Todos que possuem um site, seja ele um e-commerce, site institucional ou mesmo um blog, tem objetivo em comum: aumentar as visitas e maximizar suas conversões. Para alcançar esse objetivo duas das estratégias mais eficazes são os Links Patrocinados (Visitas Pagas) e a Otimização para Motores de Busca (Search Engine Optimization – SEO).

Esse artigo será a primeira parte de uma série de posts sobre SEO para WordPress, onde falaremos sobre dicas, plugins e temas que irão ajudar a aumentar as visitas de sites que utilizem o WordPress como Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (do inglês Content Management Systems – CMS)

Vantagens de se usar o WordPress como CMS

O WordPress é uma ferramenta que teve como foco a Experiência do Usuário desde sua criação. Por isso, mesmo um usuário comum consegue desenvolver um site completo com ele.

É possível encontrar os mais diversos sites, indo do comércio eletrônico aos portais de conteúdo e até blogs pessoais utilizando-o como CMS. Fatores como a simplicidade de instalação, a capacidade de complementa-lo através de plugins ou funções nativas (ele consegue ser ao mesmo tempo uma plataforma simples e robusta) e, principalmente, sua enorme e participativa base de usuários (no mundo todo, 14,7% dos sites utilizam-no) contribuem para que ele esteja tão disseminado.

WordPress é a melhor plataforma quando se pensa em SEO?

A resposta para essa pergunta depende do seu projeto, mas ela sempre tende a ser positiva. A cada nova versão ele vem corrigindo seus pontos fracos e aprimorando cada vez mais suas qualidades. Pensando em SEO, o WordPress possui uma estrutura que facilita a organização do conteúdo e uma série de plugins que tornam simples os trabalhos complicados que antes precisavam ser feitos por programadores.

Quantos já passaram por dificuldades na hora de migrar um site ou criar urls amigáveis fazendo o redirecionamento permanente (Redirecionamento 301) das páginas antigas para as novas, fazer a Navegação Estrutural (em inglês, Breadcrumb Navigation, literalmente navegação por migalhas de pão), ou mesmo gerar um sitemap XML para enviar ao Google? No WordPress você pode tudo isso com alguns cliques e os plugins corretos.

Não sei quanto a vocês, mas sempre preferi que mostrassem o porque de algo ser melhor a ficar apenas na teoria, então vamos colocar a mão na massa?

Como criar Urls amigáveis no WordPress

As vantagens de se utilizar o WordPress quando se pensa em SEO são basicamente sua flexibilidade nas alterações e a facilidade de implementa-las. Um bom exemplo disso ocorre na hora de criar urls amigaveis.

Utilizá-las é extremamente necessário quando se faz um projeto de SEO, já que a url tem uma função importante para o posicionamento de um site nos buscadores, mas fazer isso via programação e utilizando o arquivo .htaccess não é uma coisa tão fácil para um usuário comum.

Agora, criar urls amigáveis no WordPress é algo extremamente simples. Para isso você precisa fazer o seguinte: dentro de seu painel de administração, procure por Configurações e depois Links Permanentes.

Configurações de Links permanentes do WordPress

Por padrão os Links Permanentes apresentam o id (número que identifica o post), o que não é uma boa prática em SEO, já que não informa aos usuários e aos buscadores sobre o que se trata aquela página.

Url Padrão do WordPress

Após clicar nos Links Permanentes você deve selecionar a opção Estrutura Personalizada e inserir: /%category%/%postname%/ .

Menu de Configuração de Links Permanentes do WordPress

Pronto, a estrutura da sua url já foi alterada de:
Url do WordPress não otimizada

Para: uma url amigavel que exibe em sua estrutura a categoria e o titulo do post.
Url Otimizada no WordPress


Como fazer redirecionamento 301 no WordPress

Quando não podemos modificar algo alterando as configurações ou usando funções nativas precisamos recorrer aos famosos plugins para WordPress. Os Plugins são pequenos complementos que estendem as funcionalidades do seu site, no caso dos redirecionamentos 301 (redirecionamento permanentes) o que irá solucionar nosso problema é o plugin Redirection.

Características do Plugin Redirection

  • Redirecionamentos suportados pelo WordPress e Apache
  • Monitoramento de erros 404 – Captura um log dos erros 404 e permite que você facilmente mapeie e faça os redirecionamentos 301 desses links.
  • Feed RSS para os 404 erros
  • Redirecionamentos personalizados que permite que você defina para onde uma URL será direcionada
  • Logs completo para todas as URLs redirecionadas
  • Adicionar automaticamente um redirecionamento 301 quando a url do post for modificada
  • Suporte total a expressões regulares
  • Exportar todos os redirecionamentos para CSV, XML, ou um arquivo .htaccess do Apache
  • Importar um arquivo .htaccess do Apache

Para fazer os redirecionamentos tudo que você precisa fazer é baixar o plugin redirection, instalar dentro da pasta /wp-content/plugins/ do seu wordpress e ativa-lo no painel de controle. Viu como é fácil redirecionar uma página nessa plataforma?

Apesar de não ser a plataforma perfeita, uma frase do Paulo Teixeira (@webpaulo) resume bem a sua utilidade: “O Google ama o WordPress!”. Uma plataforma que se preocupa com a estrutura do conteúdo, experiência do usuário e tem diversas funcionalidades para o SEO só pode ser um excelente sistema para desenvolver sua aplicação.

SEO e WordPress são dois dos assuntos mais comentados do mundo digital. Afinal, ninguém quer ter um site feio, difícil de administrar ou navegar e principalmente que não receba visitas. Esses dois juntos podem ser a solução para esses problemas.

Se você têm dúvidas, sugestões ou quer aprender algo especifico sobre como fazer SEO para WordPress deixe um comentário, muito do que vamos falar nos próximos posts depende das dificuldades que você compartilhará aqui. Estamos esperando a sua participação! Até a próxima pessoal.

"No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade." Área: SEO Local: São Paulo Especialidade: Gerar o conteúdo que você procura no Google.

20 Responses so far.

  1. Robson says:

    Parabéns pelo Post! O assunto é ótimo, realmente trabalhar SEO com WordPress me ajuda muito, desde que conheci o wp, sempre penso como primeira opção de solução que na maioria dos projetos se encaixa.

    Um grande dúvida minha que talvez vocês possam comentar em outros posts é com relação a URL Amigável.

    Quando eu tenho um post para duas ou mais categorias (exemplo: Tecnologia e Tendências), a URL amigável predominante (usada no canonical e nos links permanentes) será sempre a categoria criada primeiro. Existe a possibilidade disso ser dinâmico? Eu escolher qual será categoria principal?

    Procurei em foruns e não encontrei algo que explica-se.

  2. Netto says:

    Muito interessante esse artigo, muito útil pra mim. Parabéns ao autor.

  3. Ivan Junior says:

    Olá,

    WordPress é uma mão na roda não só na parte de SEO, porque simplesmente é uma plataforma que te possibilita ter acesso a uma qualidade e facilidade inorme que ela te proporciona, devido a comunidade por trás do WordPress, sempre em contante desenvolvimento e com upgrades que trazem sempre melhorias da plataforma.

    Sem contar ao custo x benefício, com WordPress você evita muito trabalho de programadores, basta instalar um plugin free, para criar um sitemap de um site inteiro, realizar redirecionamento de páginas (301), criar cachês de páginas geradas dinamicamente e o diabo a quatro.

    O Melhor de tudo é “OPEN SOURCE” ;D
    Gostei do texto, parabéns.

  4. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Olá Robson,

    sobre sua dúvida a respeito da ordem das categorias na hora de criar a url amigável infelizmente no WordPress a categoria principal sempre é a que possui o menor id.

    Um dúvida, não existe outra forma de classificar os post que eles não precisem ser de 2 categorias ao mesmo tempo? Geralmente isso serve mais para gerar conteúdo duplicado do que tornar as categorias mais relevantes para os usuários ou buscadores.

    Obrigado pelo parabéns, espero contar com sua visita nos próximos posts.

  5. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Olá Netto,

    obrigado pelos parabéns. Continue acompanhando o site da Direct Performance aqui sempre temos novos posts sobre SEO para WordPress, Link Building e tudo mais que for relacionado a SEO, Web Analytics e Links Patrocinados.

  6. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Olá Ivan Junior,

    Como eu disse no post uma plataforma que se preocupa com a estrutura do conteúdo, experiência do usuário, tem diversos plugins e funcionalidades para o SEO e ainda é gratuita só pode ser uma boa opção para qualquer projeto.

    Obrigado pelos parabéns, espero que você continue visitando os nossos posts.

  7. Daniel says:

    Ótimo post. O WordPress com hospedagem própria é fantástico porque você também pode customizar completamente um tema e otimizar ainda mais os códigos. ALém disso, os plugins de SEO, como o All In One Seo Pack, são poderosos e muito eficientes.

    É muito normal usuarios comuns (blogueiros) optarem pelo blogger, pois o wordpress.com não é tão atrativo na customização. Hospedar o WordPress é difícil, pois nem todo host gratuito oferece suporte. Se puder, sugiro um post a respeito desse assunto, se possivel, oferecendo soluções para os usuários mais desinformado. Afinal, é sempre incentivar o crescimento do open source :)

  8. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Olá Daniel,

    que bom que você gostou do post. Achei excelente sua idéia sobre soluções para Hospedar o WordPress, acho que é um assunto que gera muitas dúvidas e é pouco comentado.

    Sobre Blogger e WordPress.com ainda acho o que o WP leva vantagem. Mesmo de forma limitada o WordPress.com acaba servindo como intrudução a uma ferramenta poderosa.

    Você já teve experiências com Blogger e o WordPress.com?

    Obrigado pela visita e o comentário, espero que você continue acompanhando os posts aqui no blog da Direct.

  9. Marco says:

    Muito bom mesmo, tem vários sites que usam está plataforma eu também utilizo! Um exemplo é o Minilua que é feito em wordpress!

  10. [...] os SEOzeiros de plantão conhecem muito bem, porém algumas pessoas com um blog não sabem como o WordPress é amigável para SEO. Aqui, explicaremos como utilizar o plugin All in One SEO pack para otimizar título e descrição [...]

  11. Sensacional! Adorei o assunto e, principalmente, a maneira como você escreve. Parabéns.

    Como web designer busco sempre crescer profissionalmente, me atualizando e estudando constantemente.

    Conheci o WordPress há um tempo atrás, o que facilitou muito minha vida, pois no quesito programação eu não sei muito.

    Conhecer SEO foi magnífico. Assim, a cada dia me apaixono mais e mais por estas técnicas, afinal, SEO é uma arte, concorda?

    Combinar a facilidade do uso do WordPress com as práticas de SEO é algo que economiza tempo na produção, pois a quantidade de plugins e configurações voltadas para ajudar no posicionamento do site nos motores de busca é grande, o que ajuda muito: não é preciso entender muito de programação, basta encontrar o plugin adequado e instalá-lo. E hoje existem milhares de profissionais experientes criando plugins que atendem todas as necessidades, seja para criar redirecionamentos, criar arquivos XML Sitemaps, Robots, criar breadcrumbs…

  12. Gostei de ver. É um artigo de grande qualidade que mostra uma visão equilibrada da relação do WordPress com SEO.

    Sobre a questão dos permalinks, há uns dois meses foi procurado por uma pessoa interessada em migrar um grande site com milhares de páginas em html puro, sem interface de gerenciamento, sem urls amigáveis, nada!

    Isto mostra como a preocupação com estas questões logo no começo do projeto é algo fundamental, e, no meu entender, o WordPress é uma grande plataforma para blogar e gerenciar conteúdo.

    Parabéns pelo post.

  13. só o fato de termos plugins dedicados ao seo como o all in one e o platinum ja deixam ele na frente…

  14. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Marco,

    Sabia que além do site que você citou grandes empresas como o Ebay, Yahoo, Ford, Wall Street Journal, Sony e New York Times utilizam o WordPress como gerenciador de conteúdo? Se empresas desse porte utilizam essa plataforma para administrar o conteúdo de seus blogs fica claro a sua qualidade.

  15. Leo Cruz Leo Cruz says:

    Diogo Rodrigues,

    Obrigado pelo feedback é bom saber que o texto está ajudando as pessoas a conhecer as vantagens do WordPress para aplicar técnicas de SEO.

    Temos a mesma opinião sobre o uso do WordPress em projetos de SEO, principalmente pela economia de tempo na programação, por sua curva de aprendizado baixa e pela comunidade atuante.

    Acho que você gostará do próximo post da série sobre os melhores plugins de SEO para WordPress. Nele vou falar sobre os plugins que facilitam ainda mais a vida de quem não tem muita experiência com programação.

  16. Farra says:

    muito saber disso, vivendo e aprendendo!

  17. O conhecimento e algo fantastico.
    Se familiarizando com o wordpress.
    Abraço

  18. mmosgame.com says:

    Eu creio que o WordPress seja a melhor plataforma para SEO.

  19. Luiz says:

    Ótimo artigo, ajudou muito a esclarecer algumas dúvidas, além da indicação desse excelente plugin. Obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>